Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Background Kiizul Antiquo.
Qui Mar 26, 2015 8:54 pm por LP-Ara

» Descrição do Mundo! - 6. Era
Qui Mar 26, 2015 11:48 am por RatinhoBr

» Ficha Jogador - Adaptada
Ter Mar 24, 2015 4:49 pm por RatinhoBr

» Um pouco mais sobre a origem de Derfel
Qui Fev 13, 2014 10:14 pm por pedro_cmf

» Background Reing!
Dom Fev 09, 2014 12:01 pm por LP-Ara

» BackGround Derfel Ap Sagramour
Qui Jan 30, 2014 12:14 am por pedro_cmf

» Background Broom
Seg Jan 27, 2014 11:33 pm por pedro_cmf

» Ressureisção
Ter Abr 09, 2013 1:04 pm por PaiLong

» BackGround
Dom Mar 03, 2013 7:12 pm por Dolphin

Relógio
Clima/Tempo
Som
Votação

Ogro-Mago VS Quimera

50% 50% [ 4 ]
50% 50% [ 4 ]

Total dos votos : 8


As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por Dolphin em Seg Abr 14, 2008 2:04 pm

Aqui vamos contar as maiores mentira contadas nas tavernas como eu matei 10 orc 20 goblin ...
Ja matei um dragao ...
Vamos la conte sua mentiras Very Happy

Dolphin
Zumbi
Zumbi

Mensagens : 6
Data de inscrição : 11/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem:
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Qua Abr 16, 2008 11:33 pm

Vamos agradar Dolphin pra ver se ele volta a postar =D
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

[b]As Melhores Mentiras de Glin[/b]

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]Os 3 Trolls[/b]

Na taverna da pequena vila de Hortiz Glin fala pra Mobis.

- Uma vez eu mateeei trêeees Trolls!!!
- humm!!! ( Mobis )
- Mas eu não estava soziiinho, eu tive ajuda de um grupo de aventureeeiros pagos para proteger a caravana que eu guiaaava.
- Infelizmente nós não tínhamos fogo e tivemos de fazer picadiiinho dos Trolls até eles não pudessem mais se regeneraaar!
- Hahahahhaha ( Glin ri gloriosamente com Mobis )

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]O Gnome e a Goblin[/b]

Glin dá uma batida em Kael'Tharis, Tisune e Narert após eles leverem uma surra pra 3 goblins =D

- Uma vez eu fui capturaaado por uma tribo de goblins.
- Eles me enjaularaaam e acorrentaaaram, eu pensei que ia morreer.
- Felizmente a jovem goblin filhaaa do chefe da tribo não resistiu ao meu graaande charme.
- A noite ele veio e me soltou.
- Hahahha, depois de uma noite de núpcias eu destruíi toda tribo!!!
- Hhahahaha!!! ( Glin ri gloriosamente enquanto os outros tentam tira a imagem da cabeça )

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]Grifo à Moda da Casa[/b]

Glin conversa com seu novo camarada bárbaro na taverna do reino élfico

- Sim! Sim! Eu conheço as montanhas de Corlan.
- Lugar muito perigooooso aquele.
- Uma vez eu matei trêeees grifos.
- Mas era porque eu estava famiiinto, não cooomia a semanas devido a escasseees de alimentos.
- Eu fiz o que eu tinha que fazeeer pra sobreviver.
- Sim, eu também já matei uns grifos pra comer ( fala o bárbaro mentiroso XD )
- Ahhh! Era tão gostooosas umas coxinhas de grifos. ( Glin. )
- Hahhahahaha! ( Glin ri gloriosamente enquanto o bárbaro estranha a figura ao seu lado )


Última edição por jacome em Dom Jun 08, 2008 8:25 pm, editado 2 vez(es)

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por PaiLong em Dom Maio 25, 2008 1:37 am

[b]Mentiras de Ellena Moonwise:[/b]

[b]- Admirador Secreto:[/b]

Estava lah no bar da capital elfica sentada numa mesa proxima a banda cuja acompanhava espetarculamente estes com seu violao...
Varios e varios vinheram em sua direção, era de se espera pela sua beleza mute color (risos), mas nenhum ganhou nada
Glin que estava bebado no momento apos recobrar sua conciencia e avistar Elena com um belissomo mando amarelo, indagou:
- Oq é isto? como conseguio? (falava enquando andava de cueca mas sempre com sua capa d javali)
- Ahh isto? ganhei de um adimirador secreto...
- varios vinheram a minha pessoa, soh aceitei este presente (varios foram oferecidos) pq era um disperdicio deixar tal pessa para outra pessoa
- Ohhh, lhe ofereceram bebida? tem uma de sobra?
- Sim, sim claro! Não se lembra? Dei ate uma das garrfas a vc...
- Mas me diga o que vc faz nesta hora andando soh de cueca (risos)
- Toh procurando mais vinho, o meu acabou
- Ahh taaa

_________________
[i][b]È Impressão minha ou ficou mais quente aqui? [/b][/i] xD

[img]http://images.elfwood.com/art/z/a/zachariah/gnoll.jpg[/img]

PaiLong
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 771
Data de inscrição : 11/03/2008
Idade : 28

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Tordak Lorien
Raça, Classe e Nível: Anão Bárbaro Ranger (4-2)
Experiência:
16000/21000  (16000/21000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Sex Maio 30, 2008 11:03 am

[b]A Esmeralda de Glin[/b]
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Javali-Caolho e seus novos companheiros chegam a um acampamento de caçadores de mortos-vivos.

- Quem está aí. ( fala um soldado mal-humorado. )

- Somos aventureiros. Tem alguma coisa que podemos ajudar ? ( Fala Karort )

- Quem está aí ? Hahahhaha, sou eu o grande pequeno Javali-Caolho, eterno andarilho de Fharlangh. Lembre-se deste nome.

- Humm! Vieram pra ajudar, saiam daqui se prezam pelas suas vidas, vamos todos morrer pois estamos cercados por mortos-vivos. ( diz um camponês sobrevivente e amendrontado. )

- Sorte sua então, pois com minha chegada vocês ganharam alguns minuuutos de vida. Hahahahaa, glu, glut. Eu já matei centeeenas de orcs e 3 vezes mais mortos-vivos. Conhece Esmeralda velho? A conhecida matadora de vampiros. Eu ensinei tudo que ela sabe. Hahahhaha.

- Glut. Boa garota ela, meia safadiiinha mas boa garota. Hahahaha como qualquer mulher fazia tudo que eu mandava por alguns conselhos. Hahahaha ( Elena olha atravesado pra Glin. )

- Vamos guerreiro, não fique aí parado. Leve-me ao seu líder. alien

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Sex Maio 30, 2008 11:38 am

[b]As Lagartixas de Fogo[/b]
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Glin divide uma lebre com um kobold enquanto descansa de cavar buracos.

- Nhec! Teve uma vez kobold que eu e aqueles dois andavaamos ( Glin aponta a coxa da lebra pra Korort e Druman que se encontravam distantes. ) pelas estradas de Fharlangh quando formos cercados por 10 salamaandras de fogo enoormes, de suas escamas pretas e vermelhas brotaaava um fogo hediondo e do seu tronco nascia uma looonga cauda com vários nervos chamuscaados. Entramos na batalha e o mago conseguiiiu colocar pra dormir a salamandra mais pequenininha Hahahhaah. Glut!!!

- Nhec, Nhec, humm, muito gostosa essa lebre, se nessa floresta tivesse caracóis gigantes eu poderia preparar.

- Glut, como eu ía dizendo, começamos um terríiivel combate e meus amigos caíram em poucos instaantes. Só sobrou eu que além de enfreentar 9 salamandras tinha que me deviiar dos corpos inconscientes dos meus colegas que estavam em meus péees. Com uma maça e um escudo eu matei 5 salamaaandras. Mas o calor era tão inteeenso que minha maçã acabou derrentado. è sim senhooor essa maça é novinha em folha. ( Glin mostra sua bela maça que ele usava como pá. )

- Nhec, glut, glut , nhec. Ahahahah, Então eu fiz a única coisa que um gnoomo poderia fazer. Lanceeei minha maça e escudo no chão e parti pra porrada. Subi nas costas de uma salamandra e enfieiii um virote no seu olho até chegar no céreeebro. Quebrei o maxilar da outra com um gaaancho de esquerda. Matei a terceira com um mata leeão e a última eu segurei seu rabo e comecei a giirar meu corpo até lançaa-la pra metros de distâancia. ( é o Mario )

- Hehehe, foi aí que eu curei Druman, ele acordoou e viu a última salamandra que eu avia derrubado cambaliaando em nossa direção. então a matou com uma bestada. Glut! Depois de curar Karort nós seguimos enfrente Ahahhahaha. Pra meus camaradas enfrentaamos terríveis bestas, pra mim foi apenas umas largatixinhas que queimaram um pouco minhas mãos. Ahahahaha.

- Krect prum granf. ( Fala o kobold sem entender nada. )

- Nheeec! Hahhahaha, eu sei eles são uns molengas. ( Glin arrancando um belo pedaço de carne e deduzindo a fala do kobold, )

PS: Dedicado a Quel Druman, peça fundamental desta batalha.

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Dom Jun 01, 2008 11:29 am

[b]A Pseudo-Ninfa[/b]
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Glin ( com uma enorme dor de cabeça e um cachimbo) conversa com quem parece ser a gerente do bordel.

- Você foi um ótimo cliente pequenino, porém achei suspeito você ter utilizado sua mágica em mim. ( Fala a senhorita )

- Arght!!! Quer dor de cabeça. Não me leve a mal madame, mas não vi nenhuuum tipo de proteção por aqui, logo penseeei que este local estivesse magicameeente protegido. Fuuuu!!! ( Baforada ) E com as apariçõooes de sucubus por estás bandas não é ruim ser precavido.

- Entendo gnomo.

- Certa veeez eu tomei um poorre muito graande e me perdi da caravana que eu guiaaava. Eu entrei cantando e cambaleeeando em uma floresta próoxima. Passando por galhos e moitas, eu acabeeei dando de cara a um liiindo lago de águas transpareeentes. Hohoho, no centro do laago estava uma bela garota. Fuuu. Uma jovem niiinfa de cabelos cor de cobre, pele perfeeeita de cor morena clara, seu nariz era finiinho, suas orelhas pontuudas e seus olhos amendoados e douraados. O buusto dela era grande e certamente bronzeaado. Infelizmente o lençol de névoa que a envolviia, não me dava uma visão previlegiaada.

- Você a descreve muito bela.

- Sim, sim. Fuuu. Eu fiquei ludibriaado com a beleza da criatuura, então ela começoou, a dar risinhos graciooosos e me manda beijiiinhos. Ahahhaha. Sem pensar 2 vezes eu fui tiraando minha armaduura apresadamente e pulei no laago, apenas com minha caapa nadei até ela. Bela capa está, praticamente faz parte do meu corpo. Hehe. ( Glin alisa sua capa de pele de Javali sobre seus ombros, demonstrando bastante orgulho. )

- Nós fizemos amor durante váaarias horas, foi INCRÍVEL, Ela sugava toda minha energia me proporcionaaando um êxtase de prazer. Fuuu. Então minha visão ficou embasaaada e o mundo começou a girar. Eu apaguei. Acordei na margeeem do lago abraçado a minha capa, tava tão cansado que não conseguia me levaaantar.
Então eu avistei outra estraanha fêmea, com certeeza uma Sucubus, não sabia o que diachoo uma sucubus tava fazeeendo lá, mas uma coisa eu digo. Ela era quase tão bela quanto a niiinfa.

- Fuuu. A pele da sucuuubus branca e quente estava cobeeerta por um lenço transparente, seus pêlos e cabelos eram ruiiivos, seu corpo extraordináario e escultural, os seios eram menores do que a da niiinfa mas não menos belos. Seus mamiiilos e seus lábios rosas e de suas coostas duas belas asas de morcegos vermelhas se abriiiam. Ehehe, me lembrei quando voei em um gáargula mas isso é uma outra história. Fuuu. Então ela olhou pra mim, em seu olhos brilhaaavam uma chama de lúxuria, acendendo algo dentro de mim. Se é que me entende. Hahahhaha.
Então ele se encooostou em mim, beijou-me a bochecha, deu um tapiiinha na minha careca e sussurrooou ao meu ouvido: Vou poupar sua vida pois você foi melhor que a maioria dos homens.

- Nunca entendi os significados desta palaavras, mas sei que ela me deixou lá. Só eu e minha capa, pois ela levou todo resto que eu tinha. Malditas sucuuubus. Fiquei 2 semanas sem poder me levantar, me alimentaaando de formigas e capim, até o pessoal da caravana me encontrar nú e desmaiiidado. Fuuuu.

- Hehehe, pensaando em ninfas, vocês não terinham uma terinham?

- Nós não temos Ninfas nem Sucubus confused , mas como o senhor foi um tão bom cliente foi pedir pra esta bela elfa te atender de graça. ( fala a senhora impressionada. )

- Heheheh, Claro, eu não posso sair do reino élfico sem passar a mão na bunda de uma elfa. Hahahahaha.

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Dom Jun 08, 2008 9:09 pm

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

[b]Mais Mentiras de Glin[/b]

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]A Cueca Medicinal[/b]

Javali-Caolho e os aventureiros esbarram num mercador e numa outra pessoa saindo da tumba que serve de moradia pra Sowhsbugbril.

- O que vocês estão fazendo aqui? ( fala o mercador. )
- Viemos atrás de um objeto precioooso. ( responde Glin. )
- Esqueça, ele não está a venda.
- E como você saabe do que eu estou falando. ( responde o Javali irritado. )
- Eu sei, eu não consegui comprar e aposto como vocês não teriam como cobrir a minha oferta. ( fala o mercador arrogante. )
- Você veio atrás da CUEEECA do senhor Sowhsbugbril ? Pois é para IISSO que estamos aqui. ( fala glin irritado. )
- hmm... ( tente falar o mercador, porém é interrompido pelo gnomo . )
- VEEEIIIO atrás da CUECA? ( pergunta Glin irado )
- Pois é, o COCÔ dele tem poderes medicinais e é pra isso que estaaamos aqui.
- Hhahaha ( Glin ri gloriosamente enquanto o mercador se retira. )

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]O Grand Lord Javali-Caolho.[/b]

Numa sala de jantar Glin conversa com duas donzelas que examinam uma obra de arte.

- hum!!! Muito belo este vaso! ( exclama a linda senhorita. )
- Hahaha. Com certeza, e seria ainda mais belo se estivesse cheio de cerveeja. ( rimou =D )
- Pois saibam minhas senhoritas que eu sou um graande lord de um enooorme castelo no reino élfiico. ( Fala Glin posando com sua taça de vinho. )
- Mas que isso, no meu castelo existe um graande salão destinado apenas a guarda minha coleção de vasos precioosos.
- O.o ( as mulheres sobre o efeito de pasmar. )
- Hahahaha ( Glin ri gloriosamente depois de fisgar 2 belas jovens. )

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
[b]O Cozido de Lobisomem.[/b]

Um irritante mercador vem perturbar a noite de bebedeiras de Glin e de meditação de Karort.

- Agora Sowhsbugbril contrata bêbados? ( o mercador olha com desprezo pru gnomo. )
- Onde está o senhor Sowhsbugbril? ( fala o infame mercador.)
- Ele viajou. ( responde Karort. )
- Sério, onde ele está? ( o mercador aumenta o som de sua voz. )
- Onde ele ESTÁAA? Onde ele ESTÁAA? Vou dizer onde ele ESTÁAA. ( Fala Glin irritado apontando a besta pru senhor inconveniente. )
- Eu COMII ele.
- Ele está no meu BUUUCHO. Quer falar com ele? Fale com meu BUUCHO.
- Eu fatiei o senhor Sowhsbugbril, fiz um picado com sua carne e comiii.
- É aqui que ele está. ( Glin põe a mão na barriga e aperta mostrando o abdômen pru comerciante e fazendo careta. )
- Hahahaha. ( Glin ri gloriosamente enquanto atira um virote de besta no vazio. )


Última edição por jacome em Seg Jun 09, 2008 12:59 pm, editado 1 vez(es)

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Seg Jun 09, 2008 5:12 pm

[b]The Hot Night of the Living Dead[/b]
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Glin acorda no meio da noite com uma enorme sede, então vai até a despensa onde tinha escondido as últimas garrafas de vinho atrás de umas cestas de frutas. Ao voltar ele se encontra com Karort que meditava.

- E você camarada não dorme pra recobrar as forças ?

- Eu sou elfo e durmo pouco. ( fala o monge. )

- Escuuta!!! ( exclama Glin repentinamente. ) Sente esse ar, elfo ?

- Como ??? ( pergunta Karort. )

- Escuta com atenção este veento ranzinza soprando pelos corredoores, ele trás consigo um cheiro de mooorte e uma mensagem do além. Você não sente calafrios quando este ar géliiido, mórbiiido e áspeero atravessa suas vísceras enquanto você o respira ? Seu pescoço não se arrepiiia ao perceber um sopro tão forte viindo das profundezas da terra onde o ar não corre ?

- hmmm... (Karort se sente intimidado com a frase do clérigo e repentinamente estremece ao perceber que o vento mencionado realmente trazia uma mensagem.)

- Libeeerte-me ( o vento envolve os dois personagens trazendo consigo um fraco gemido rouco e oco. Depois dissipa-se. )

- Não sinta meeedo companheiro. ( fala Glin ao ver que Karort se apegar a uma flor murcha e cinza. ) É apeenas um fantasma que ainda não teve a oportunidade de descansaar. Tu deves teemer aqueles que foram rejeitaaados pelo inferno e agora arrastam seus corpos pela nossa terra. Hahahahah. Estes eu já derrotei muiiitos invocando o nome de Fharlangh, no entaanto em nossa era, eles aparecem cada vez mais, como se o infeerno estivesse lotado.

- O que você acha que incomoda a aparição, sábio clérigo ? ( pergunta Karort. )

- Hora bolas, eu já não vos disse e agora teeenho que repetir. ( fala Glin irritado. ) Insatisfação sexual é claro.

- Deixe-me contar uma história, ( Glin olha satisfeito para sua taça e a enche de vinho. ) Eu tinha acabodo de guiaaar um carregamento para RostValler e resolvi descansaar em uma cidade mediana próxima a capital. Glut!!!

- Hehehe, passei 2 semanas naquele local e conheciii uma bela gnoma que logo caiu no meu chaarme. Antes de partir daqueles terras para novas aventuuuras resolvi que deveria consumir o relacionameento com a gnomazinha. Glut, glut!!! Como você bem saabe meu amigo, eu possuo um grande conhecimento em hiiistórias e contos. Eu sabia que naaquela cidade antes existira um bordeel, destruído por inquiridoores de Heiroineous.

- Hummm! E ainda se dizem clérigos do deus do heroísmo, o mundo está perdido. ( sussurra Glin. ) Glut, glut!!! Segundo a leeenda, a dona do boordel era uma virgem que morreu fugindo dos malditos inquiridoores que queimavam sua caasa. Ela havia sido enterraada no cemitério local e diziam que quem fizesse amoor em sua cripta teria 10 vezes mais prazer. Hahahaha. Glut! Claro que eu não poderia partir da cidade sem comprovar ou desmentir tal lenda. Hahahaha.

- Glut! Hehehe, eu suborneei o coveiro e durante a noite eu e minha donzela relutante a adentrar no local formos pra bendiita cripta. A cripta era pequena e escuura. Havia apenas uma caixa de concreto no meio, esculpida no chão e tampada por uma grossa baarra do mesmo material que eu não teria forças de removeer. Nos cantos da criiipta existiam 4 pilares que sustentaavam o teto também de concreto. Um vitral no centro da parede deveria iluminaar o caixão, mas ele estava tão suuujo que não cumpria sua função. Glut, glut! A cripta cheiraava a poeira e a fezes de ratos, e não era um bom lugar pra fazer o que pretendíamos. Hehehehe. Mesmo assim eu mandei ver. Hehehehe.

- Glut!!! Fizemos amor uma , três , sete vezes até a cripta ficar cheiraando a sexo. Depois eu me encostei no caixão pra um leve descanso e a linda gnoma se encostou na parede a minha freente. Quando um som rígido e abrupto me fez arregalaar o oolho. Encarei minha amaante boquiaberta, ela tentaava dizer algo mas sua voz não saiia. Sua pele foi perdendo o tom até ela cair desmaiaada. Mas a dama não precisava me avisaar o que se passaava. Eu sabia muito bem que o bloooco de pedra se movia. Segurando minha capa de javali puleei para o outro lado da cripta onde estavam minhas roupas e peguei meu antigo síimbolo de madeira.

- Glut! O monólito moveu-se lentameente até o lado aposto a mim, a cripta se infeestou de um cheiro amaargo de pecado, cheiro de lótus negra. Eu segureei com força meu símbolo e uma figura inusitada se levantou graciosameente da tumba. Uma humaana, devia ter 35 a 45 aanos, mas bastaante bonita. Seus olhos e cabelos eram escuros feito a noiiite. Não existia pele mais clara. Ela possuía unhas grandes e negras e sua cara estava exageradamente maquiaada. Seu vestido era reluzente como pérolas, mas na verdade ele era formado por teiiias de aranha. E seus peitos, hummm, eram gigantescamente ENOOORMES ( o olho de Glin brilha estranho, enquanto ele estica seus braços com toda força. )

- Na hora eu gritei: "O que você quer ser maligno? Você quer meu cérebro?", A assombração se debruçoou lentamente sobre sua cova, e disse baixinho: "Prefiro outra coisa sua." Hehehehehe. Glut, glut, glut! Ela me chamou movimentaaando seu dedo e eu mergulhei na tuumba sem hesitar, pra descobrir seu toque frio e seu hálito de café. Hahahahaha!!! Com ela que eu tive 10 vezes mais prazer. Ahahahaha!!! Neste dia eu descobrii que nem sempre é necessário um símbolo sagrado pra expulsar um morto-vivo.

- No outro dia eu acordei abraçado com um cadáveer, cinza, esquelético e com cheiro de podridão. Mas com um enoorme sorriso no rosto. Ahahhahaha. A gnoma já não se encontrava lá. Mas desde esse dia o nome da leenda da virgem dona do bordel passou a ser apenas a lenda da dona do bordel. Ahahahaha. Glut!

- affraid!!! ( Karort )

[img]http://img79.imageshack.us/img79/3620/elvira13uj3.jpg[/img]

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por PaiLong em Seg Jun 09, 2008 6:17 pm


_________________
[i][b]È Impressão minha ou ficou mais quente aqui? [/b][/i] xD

[img]http://images.elfwood.com/art/z/a/zachariah/gnoll.jpg[/img]

PaiLong
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 771
Data de inscrição : 11/03/2008
Idade : 28

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Tordak Lorien
Raça, Classe e Nível: Anão Bárbaro Ranger (4-2)
Experiência:
16000/21000  (16000/21000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Ter Out 14, 2008 7:39 pm

[b]Kobolds atacam!!![/b]
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em Bowstmar, Javali-Caolho e seus amigos da Libra comemoram o reencontro servidos do conhaque de Quel Druman, o mais novo grande empresário do Reino Élfico.

- Javali-Caolho, como foi sua jornada de guia em Hasmer? ( pergunta Nant )

- Slupt!!! Hasmer está cercada de muitos periiigos meus amigos. ( fala Glin experimentando o conhaque através de uma lambida )

- Ha!!!! Eu estava servindo de guia pra 3 jovens mulheeeres que haviam sido bastante atenciosas comigo se é que você me entende. Hahahhahaha!!! (Glin dá uma cotovelada amigável em Grow-Mar e ri)

- ... ( Glin se recorda das cervejas de Hasmer enquanto olha pra aquela pequena taça de conhaque. )

- Continue caro amigo? ( Nant )

- Quando de repente nossa carroça se depara com um enooorme obelisco de pedra. Eu fui obrigado a parar e acabeeei por cair em uma armadilha de maldiiitos kobolds. De repente aparaceram kobolds de todos os lados. Eu te digo companheiro, eu olhava pra a beira da estraaada e lá tinham árvores onde trepavam kobolds. Eu olhava pru chão e lá tinham buraaacos que saiiiam kobolds. Eu olhava pru céu e lá tinham aves onde voaaavam kobolds. Eu te digo companheeeiro, pra onde esse meu ooolho (Glin aponta pru seu olho cego) se virava lá estavam os malditos Kobolds.

- Hahahahaha!!! Meu amigo, eu sou um gnomo corajoso e não ia deixar acontecer nada com aquelas nooobres damas que tanto foram bondosas comigo. Eu peguei minha maça e meu escudo, dei um duplo mortal carpado pra cima do cavalo, e quando me equilibrei em pé no dorso do animal disse: [b]Venham tirar um pedacinho de mim!!![/b] Hehehehehe.

- Glut!!! (Glin bebe o conhaque em um só gole.) O primeiro Kobold que pulou no cavalo eu racheeei a cabeça com está maça, o segundo caiiiu com um chute, o terceiro levou uma cabeçaaada, o centésimo perdeu os dentes por causa desse meu punho... Hahahhahaha!!! Nem um deles conseguiiiam passar por mim e incomodar as graciosas mulheres. Um por um eles iam se acabando. Mas quando eu derrotei a quinta centena de kobolds as coisas começaram a se complicar. Os líderes xamãs e feiticeiros do grupo começaram a se reuniiir e fazer um ritual maligno e eu não podia fazer naada pois outros duzentos kobooolds pulavam em cima de mim, assim como as mulheres de um bordel costumam me atacar.
A diferença é que as mulheres querem tirar minha roooupa e os kobolds queriam meu sangue.
Hahahahahhaha!!!

- Então o ritual completou-se, do círculo mágico que eles traçaaaram no meio da estrada uma fumaça estranha levantava-se. A fumaça era vermelha e cheirava a sangue morno e a ossos queimados.E enquanto eu chutava as buuundas dos últimos kobolds a fumaça tomava a forma de uma caveiiira vermelha e aterrorizadooora. Os kobolds conjuradores olhavam pra mim com aqueles funestos olhos vermelhos cheios de escárnio e espumavam enquanto riam da minha cara com risadas que mais pareciam uivos e latidos de lobos raivooosos. Foi então que eu percebi que a própria faaace de Nerull o deus da morte se formava naquela fumaça endiabraaada.

- Já sabe como termina essa história não é amigo. Afinal aqui estou, deixe-me beber um pouco desse conhaque enquanto ele ainda resta.

- Glut!!! (Lá se vai outra pequena taça.) Pela primeira vez no confronto eu começaaava a ficar cansado, fiquei sonso e logo depois cai no chão. Vários kobolds tentavam me apunhalar com suas pequenas armas mais minha armadura me protegia. O pior era o efeito daquela fumaça avermelhada que eu inalaava. Minha cabeça queria explodir e meus ossos pareciam rachar em mil pedaços. Foi quando eu escutei a prece da jovem senhora!!!

- Bravo, Forte e Corajoso Javali-Caolho por favor nos proteja, se você não pode com eles quem poderá. (fala Glin imitando as mulheres.)

- Amigos vocês sabem que existe um deus prus bêbados e prus apaixonados, e eu sou ambos, e Fharlanghn é esse deus. Hahahahaha!!! Com meus últimos vestígios de força eu empunhei meu símbolo sagrado e gritei as palavras mágicas: [b]Seu deus é uma mocinha comparado com o meu [/b]. Nesta hora uma explosão de boa energia irrooompeu de mim proveniente do meu patrono e dissipou aquela névoa horrenda e me recuperou pra eu meter cascudos nos kobolds remanescentes. Hahahahahaha!!!

- E foi assim que eu surrei seteceeeentos kobolds sozinho Wink Hahhahahaha!!!

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por jacome em Qua Out 15, 2008 8:21 pm

[b]O Beijo da Vargouille[/b]
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Javali-Caolho contando seus feitos em uma das tavernas de Hasmer.

- Bravos Anões filhos de Morandir, hic!!! Eu vim pra estes maravilhoooosas terras, de beleza e cerveja sem igua,l com 2 companheiiiiiiros. Glut!!! Um deles era um anão muito foOOOooooOOrte, que deve está lutando agora em GroundWorld. O outro era um humano também muito háaaabil, mas com menos múscuuuUuulos que o anão hahahahhaha. Hic!!!

- Glut!!! Nós viajáaavAAaamos durante a noiiite. As árvores eram graaandes e cinzas e pareciam querer toocar o céu. Estávamos envoltos numa deeensa neblina e hic só podíamos vê devido uma ou duas estreeEEEelas que bravamente brilhavam no céu. Tudo muito normal pra quem já viu GOoooOorgs destruírem tropas inteiras em Gorendill. Glut, glut, glut!!! Quando de repente eu vos hic digoo, Um sibilo aguudo e tenebroso trespassou nossos ouvidos atingindo até as raiiizes de nossas almas hic!!! Nossos tímpanos sangraaaram e nossas cabeças ficaram tontas. Glut! Ôoo!!!
O anão por mais forte que fosse sucUUumbio a dor terrível e caiu de ooombros, assim com seu parceiro humano.

- Hahahahaha!!! Eu fui o úÚÚÚúúnico que não me abalei com o terrível som, graças as canções que o bardo Narert me fez ouvir, quando estaAAaava vivo e ele me irritava com seu apito, ou mesmo depois de mooorto quando me ensinava a tocar o bendiito instrumento. Hic!!!

- O_o ( platéia )

- Foi aí que eu senti. Glut, glut!!!, um hálito infernal se aproximAAr de mim pela esquerda. Com está mesma maça na minha cintuUUuura, eu desferi meu golpe e fiz a criatuuura cair. Logo depois no horizooOOOoonte longínquo eu vi olhos de chamas veeerdes se aproximarem de mim. Hic!!!
desta vez foi um viiirote da minha besta que derruUuubou a fera, num tiiiro de extrema precisão que só Tisune poderia dispaaarar . Glut!!!

- Então, quando eu pensava que tinha acabaaado. Glut!!! E que eu poderia socorrer meus camaraadas. Então eu vejo um visãaao dos diabos. Uma cabeça enorme flutuando na minha frente. Hic. A cabeEEeça estava em carne viiiva e exalava um cheiro de ácido e vôOOomito.
Ela parecia uma caveiiira coberta de carnes com uma enoorme mandíbula de vampiro. Glut!!!
A cabeça asas de morcegos feridas e enormes téntaculololooos. Hic!!! Dá sua boOOoca saia um bafo verde e uma looonga língua bifurcada.

- ôhhh, o que aconteceu depois meu senhor!!! ( fala uma anã de pele branca e olhos azuis )

- Deixe-me só acabar este copo Glu, glut, glut!!! E encher um outro. Hahahhaha!
( fala Glin achando a anã familiar, porém bêbado demais pra se recordar quem seria ela. )

- Hic!!! Aquela criatura horreeEEenda me envolveu em seus tentáculos e lentamente aproximou sua boca da minha, Hahahahha, eu tentei resistir, mas o hálito venenooOOso da beesta me deixou sonso. O ser maligno enfiou a boca na minha e me beixou com fooorça.
Hahahahaha. Hic!!! Sou irresistível até pra abominações. Camaradas, Já freqüentei muitos quaaAAartos nesta vida mas devo confeeesar que aquele monstro sabe beijar um gnomo. Hahahahaha!!! Glut, glut!!!

- Eu estava atordoaaado quando a criatura me largou e caiu no chão. Hic!! Ela começou a sacoolejar como um peixe fora da água. Glut!!! Vocês não vão acreditaaar no que eu vou disser, mas é a puUura verdade. A criatura perdeu seu olhar assassiino, as asas dela caíram e de repente um corpo começooou a brotar no que devia ser pescoço. Pouco a pouco a fisionomomia do ser se transformaaava, os tentáculos viravam cabeelos e os músculos antes hic expostos começaaavam a ser cobertos por pele. Quando a metamorfose acabou, eu não tava na freente de um Vargouille, mas sim de uma bela gnoma desmaiada e desnudada!!!

- Eu levei a gnoma até as proximidaaades de Hasmer, onde eu encontreeei um templo de Fharlanghn na beira da estraada. Lá ela se despediu de mim bastante agradeeeEEecida. Hahahahahah!!! Se vocês entendem o que eu queeero dizer. Então eu deixei a gnoma aos cuidaaados de outros da minha ordem, com o resto do meu dinheeiro pra ela se virar!!!
Hahahahaha!!!

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As maiores mentiras por pequenos herois grandes contadores de Historias

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:46 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum