Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Background Kiizul Antiquo.
Qui Mar 26, 2015 8:54 pm por LP-Ara

» Descrição do Mundo! - 6. Era
Qui Mar 26, 2015 11:48 am por RatinhoBr

» Ficha Jogador - Adaptada
Ter Mar 24, 2015 4:49 pm por RatinhoBr

» Um pouco mais sobre a origem de Derfel
Qui Fev 13, 2014 10:14 pm por pedro_cmf

» Background Reing!
Dom Fev 09, 2014 12:01 pm por LP-Ara

» BackGround Derfel Ap Sagramour
Qui Jan 30, 2014 12:14 am por pedro_cmf

» Background Broom
Seg Jan 27, 2014 11:33 pm por pedro_cmf

» Ressureisção
Ter Abr 09, 2013 1:04 pm por PaiLong

» BackGround
Dom Mar 03, 2013 7:12 pm por Dolphin

Relógio
Clima/Tempo
Som
Votação

Ogro-Mago VS Quimera

50% 50% [ 4 ]
50% 50% [ 4 ]

Total dos votos : 8


Amur Leão-Negro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Amur Leão-Negro

Mensagem por jacome em Sex Fev 19, 2010 2:55 pm

[b][center]Amur Leão-Negro[/center][/b]
[center]
[img]http://www.freewebs.com/archieandthegang/conan.jpg[/img][/center]

Nome: Amur
Apelido: Leão-Negro
Idade: 21 anos
Sexo: Masculino
Peso: 97 Kg
Altura: 1.96 m
Olhos: Castanhos
Cabelo: Louro
Pele: Branca
Divindade: Kord

[b][center]Descrição[/center][/b]
[justify]
Amur Leão-Negro é um bárbaro imponente, com quase 2 metros de altura e 100 quilos, ele é uma figura terrível de se confrontar. Seus olhos são castanhos e de um olhar sombrio e penetrante. Seus cabelos são louros, longos e emaranhados. Seu corpo possui músculos de aço flexível, ombros largo, peitoral grande com tufos de cabelo dourado e bíceps devastadores. No seu bíceps esquerdo existe uma tatuagem. Um coração dividido na horizontal ao meio por uma faixa, na faixa existe o nome aventura que é a única palavra escrita que Amur reconhece. Amur costuma vestir-se apenas com uma tanga e sandálias que são amarradas as suas pernas com tiras que vão até o joelho.

Amur é um homem taciturno e sério, ele acredita na força e não na piedade, despreza sentimentalismo e jura só conhecer como emoções a paixão e o prazer em lutar e “amar”. O Leão-Negro não entende e não deseja entender os costumes da civilização, embora ele goste da cidade e prefira os prazeres encontrados nos antros sujos das tavernas do que noites solitárias nas florestas sem mulheres e bebidas. Ele aprecia música, álcool e prostitutas.

Amur segue um código bárbaro bem diferente das leis dos homens civilizados. Ele acredita no valor da palavra, na fidelidade e integridade e odeia as perfídias e traições dos chacais cosmopolitanos. Apesar de rude ele respeita as pessoas evitando deboches (com exceção dos deboches com os mais próximos) e espera ser tratado da mesma maneira. Também respeita o sexo feminino e não admite violência contra mulheres. Ele crer que a vida é para aqueles que conseguem se segurar a ela, e olha com a mesma indiferença os inimigos e os companheiros mortos. Para Amur matar, saquear e roubar fazem parte da existência. Um homem é aquele que oferece resistência e não o cão perfumado que se esconde atrás de muros com seus guardas e truques mágicos. Na sua concepção não existe esperança nem no presente nem no futuro. No presente os homens lutam e sofrem em vão encontrando o verdadeiro prazer somente na loucura da batalha. No futuro as almas dos mortes penetram num reino escuro, sombrio e enevoado onde vagam pela eternidade. Sua única ambição é lutar pela sobrevivência e empenhar-se em tantos combates quanto possível.

Amur é um hábil combatente, furtivo como uma pantera em busca de sua caça, feroz como um leão acuado. Na batalha ele segue seus instintos e tentará atacar sempre o mais rápido possível. O combate é o momento de Amur e ele demonstra isso com um humor sinistro e intimidador. Para ele o ataque direto é o caminho do homem e os únicos poderes capazes de ajudar um homem são a força, a coragem e a lâmina afiada de uma espada. Amur reconhece o poder da magia, no entanto não a teme mais do que a lança de um inimigo. Amur aprendeu que a maioria dos conjuradores são covardes que estão sempre prontos para fugir de uma luta, devido a isso ele despreza a maioria dos conjuradores arcanos. Para o Leão-Negro é muito simples, tudo que sangra morre e conjuradores sangram mais rápido. [/justify]

[b][center]História[/center][/b]
[justify]
Amur é da tribo dos Leões-Negros ao norte do continente. Uma tribo pequena de homens guerreiros. No dia do nascimento de Amur os Leões-Negros foram atacados por uma tribo inimiga e ele nasceu no campo de batalha, marcando para sempre seu destino. Aos 15 anos o bárbaro realizou a prova da maturidade, uma cerimônia que consistia em enfrentar o ataque de um touro, ele esquivou-se do ataque e passou na prova. Após isso ele subiu a colina e foi ao templo de Kord onde uma linda sacerdotisa “o iniciou na vida adulta”. Amur tornou-se a pessoa mais jovem de sua tribo a se tornar homem completo.

Edior, avô de Amur, foi uma das pessoas que mais influenciou sua carreira. Ex-soldado de Gorandil, Edior foi as terras selvagens do norte para esquecer do seu passado violento e encontrar a paz. Conhecedor da forja e do preparo do aço refinado, Edior situou-se próximo aos Leões-Negros e conseguiu o respeito deles, principalmente devido as suas armas e armaduras. Amur cresceu escutando as histórias de seu avô sobre as terras civilizadas, suas maravilhas, riquezas e magias. Quando Amur possuía 17 anos, Edior morreu e o bárbaro tragado por uma inconformável melancolia resolveu deixar sua tribo e partir para as promessas que ele conhecia pelos contos de seu avô.

Amur vagou solitário durante muito tempo, passou por várias vilas se divertindo com histórias, bebidas e mulheres fáceis. Por fim, ele chegou ao porto no extremo norte do continente onde se situou. Lá ele se tornou um marinheiro respeitado por suas viagens perigosas e recebeu o apelido de Leão-Negro devido a sua origem. Numa destas viagens para a terra dos portais gélidos, Amur conheceu Queron, um Aasimar de cabelos azuis que acabava de chegar neste plano. Impressionada com a aura sobrenatural e a dignidade do celestial, Amur logo se aliou com Queron. Mas o destino é um gigante e nós somos meros anões e não tardou para este gigante pisar em Queron e Amur. A embarcação em que ambos estavam, assaltada por uma tempestade de violência sem igual, virou e tanto o bárbaro quanto o clérigo celestial ficaram náufragos numa jangada improvisada pelos resto do navio. Durante semanas a jangada vagou nos mares gelados e enquanto o bárbaro conseguia peixes para seu aliado, o clérigo fornecia água potável através de sua magia. Depois de resgatados Leão-Negro jurou auxiliar o seu amigo clérigo na sua jornada no plano que ele não estava familiarizado.[/justify]

jacome
Herói Caçador de Dragão
Herói Caçador de Dragão

Mensagens : 995
Data de inscrição : 07/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre Bárbaro/ Bárbaro Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum