Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Background Kiizul Antiquo.
Qui Mar 26, 2015 8:54 pm por LP-Ara

» Descrição do Mundo! - 6. Era
Qui Mar 26, 2015 11:48 am por RatinhoBr

» Ficha Jogador - Adaptada
Ter Mar 24, 2015 4:49 pm por RatinhoBr

» Um pouco mais sobre a origem de Derfel
Qui Fev 13, 2014 10:14 pm por pedro_cmf

» Background Reing!
Dom Fev 09, 2014 12:01 pm por LP-Ara

» BackGround Derfel Ap Sagramour
Qui Jan 30, 2014 12:14 am por pedro_cmf

» Background Broom
Seg Jan 27, 2014 11:33 pm por pedro_cmf

» Ressureisção
Ter Abr 09, 2013 1:04 pm por PaiLong

» BackGround
Dom Mar 03, 2013 7:12 pm por Dolphin

Relógio
Clima/Tempo
Som
Votação

Ogro-Mago VS Quimera

50% 50% [ 4 ]
50% 50% [ 4 ]

Total dos votos : 8


O Dragão e Vicent

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Dragão e Vicent

Mensagem por RatinhoBr em Qua Mar 26, 2008 12:30 pm

Um Dragão! Ele não disse nada sobre Dragões! Haveria alguns perigos, isso é certo. Mas nada de dragões! Justo dragões! Vincent Valentine, um ladrão de fama razoável na metrópole onde vivia(se escondia), não encontrava melhores palavras pra dirigir mentalmente ao seu contratante e à mãe do mesmo. Os desgraçados nunca dizem a verdade.

Mas Vincent acaba se deixando levar pela promessa de bom pagamento, que às vezes nem é tão bom. Isso quando ele recebe pelo serviço. Só que dessa vez ele estava sozinho, contra um Dragão!! Enorme, forte e nervoso...

Seu arco não seria muito útil contra um monstro desse porte. Tudo o que ele poderia fazer é fugir e abandonar a princesa ali, pois naqueles trajes a pobre moça jamais conseguiria correr o suficiente pra escapar da fúria do réptil.

Mesmo diante da morte quase certa, Vincent não conseguia evitar o princípio de riso que surgia em seus lábios ao imaginar a princesa tentando escapar do monstro, erguendo as dúzias de saias e tecidos de cara seda que usava.

Trazido de volta à realidade pelo jato de fogo saído da boca do gigante escamoso em sua direção, o esguio elfo salta habilmente, usando toda a habilidade adquirida em todos esses anos nesse ofício. Bom, na verdade contava também com o talento natural de sua raça pra isso. Não! Não para o furto.

Que nenhum elfo sequer imagine que tal coisa foi cogitada. Bom, Vincent não se importa, mas ele é uma exceção. Ele é um ladrão. Me referia à agilidade.

Elfos são esguios e ágeis por natureza, o que ajuda bastante na profissão do Senhor Valentine.

Aliás, muitos conheciam Vincent como...chaveiro. Ele mesmo se encarregara de espalhar essa notícia no início da carreira. Ajudava-o bastante a escapar de encrencas maiores. Sim, porque cedo ou tarde ele se metia em problemas. Pequenos, médios...OU GRANDES!

Outra vez era trazido de seus devaneios pelos movimentos ofensivos da criatura a sua frente.

Um golpe certeiro com a cauda, e a carruagem onde viajava a princesa e Vincent estava destruída, lá embaixo no precipício. O pobre cocheiro não teve a mesma sorte que a bela princesa, que, apesar de humana, era muito bonita.

E qual princesa não é? Bom, Vincent havia conhecido muitas, mas essas, só de vista. Claro, ele não poderia deixa-la morrer. Além de bonita, valia um bom dinheiro. E essa, agora desfalecida nos seus braços era mesmo muito bonita.

Decerto, o lembrava alguém. Alguém por quem ele sempre teve uma certa atração, mas nunca conseguiu nada. Uma Paladina, aliás, uma caçadora de dragões. Estranho como Vincent sente uma saudade repentina da moça no momento em que o gigante vermelho cospe fogo em sua direção, obrigando-o a se esquivar, arremessando o corpo inerte da princesa em uma direção e rolando para o lado oposto, já sacando, durante a manobra evasiva, seu arco, o elfo posiciona-se, de joelhos para o disparo. Pensa que é a primeira vez que aponta uma de suas flechas para um monstro desse porte. E, se não parar de se perder em pensamento inúteis, provavelmente será a última também.

Dois disparos. Os dois atingem o alvo. O peito do dragão, que se ergue sobre as patas de trás ao ser alvejado. Ao que parece tudo que conseguiu foi enfurecer ainda mais o monstro.

Deita a aljava no chão, de joelhos começa a se preparar pra mais um disparo, ou dois. Ao levar os dedos à aljava, percebe a bola de fogo vindo em sua direção. Como que por puro reflexo, fruto da vasta experiência em FUGIR de batalhas assim, o ladrão rola para o lado, levando consigo as duas últimas flechas.

Dessa vez Vincent consegue conter o riso ao imaginar como alguém poderia vencer um dragão com duas flechas, por mais preciso que fossem os disparos.

Hora de pedir ajuda aos deuses, e fazer novas promessas. Prometendo cumprir as outras promessas feitas anteriormente. Suas preces são interrompidas por mais uma ação do seu atacante.

A fera dirige a pesada pata na direção de Vincent, que se esquivando novamente, faz com que o monstro acerte o potente golpe na montanha à sua esquerda. O elfo pragueja por não ter comprado aquela pólvora no mercado, por achar demasiada cara. Seria muito útil com uma criatura desse porte. Pois parece que o preço a ser pago agora é ainda mais caro. Pagará com a vida por sua avareza. Então promete ser mais generoso caso escape com vida. Não que pretenda realmente cumprir essa promessa, mas isso não tem a menor importância no momento.

Aproveitando o instante perdido pelo monstro no seu golpe cego aplicado na montanha, Vincent agarra a princesa e corre em direção à floresta. Um sorriso vencedor brota no seu rosto ao avistar uma estreita ponte. Bastaria atravessá-la e estaria a salvo. Um monstro daquele tamanho jamais conseguiria atravessá-la.

Tenta correr, com a bela humana em seus ombros. E se pergunta porque ela não podia ser mais leve, embora saiba em seu íntimo que o problema é com ele, mais precisamente com sua força, que nunca foi motivo de muito orgulho. Não que seja fraco, mas num mundo desses, qualquer um é forte como um ogro. Imediatamente se lembra de um outro amigo, Argus, um guerreiro muito forte. Também não seria nada mal tê-lo agora ao seu lado. Um monstro de força, ainda com poderes vampíricos.

A visão da ponte o faz cessar os pensamentos, apressando o passo, olhando por sobre o ombro o monstro se tornando cada vez maior atrás dele.

Ao colocar o primeiro pé na ponte, Vincent sente uma alegria imensa invadindo seu corpo, chegando ao ponto de sorrir. Um sorriso ainda nervoso, mas que logo, ele espera, possa se tornar uma alegria incontida. A travessia é longa, mas o monstro ainda não chegou ao início da ponte.

Por um momento Vincent teme que a criatura tente(e consiga) atravessar, mas logo seu otimismo retorna. Seria impossível um monstro daquele tamanho atravessar uma ponte tão frágil.

Mesmo assim, só ao tocar o pé em solo firme, o astuto ladrão consegue ficar tranqüilo, a ponto de se descuidar, permitindo que o traseiro real da princesa toque violentamente o chão quando ela é solta sem muitos cuidados. As mãos apoiadas nos joelhos, começa a retomar o fôlego, a respiração voltando aos poucos ao seu ritmo normal.

O ladrão lança então um olhar, com um sorriso de satisfação em direção ao monstro, parado do outro lado da ponte, enfurecido. Um princípio de gargalhada toma conta do ladrão, mas logo um expressão de horror toma seu rosto, que fica ainda mais pálido que o normal ao ver o dragão iniciando sua travessia.

Por um momento Vincent podia até mesmo jurar que o desgraçado estava rindo dele enquanto rugia em sua direção.

Ficou na mesma posição, chocado, as mãos nos joelhos levemente flexionados, abatido pela fadiga física, e agora, mental. Não poderia fazer mais nada a não ser torcer pra que a ponte se partisse.

Sempre traído por seus pensamentos, Vincent se lembrava em como foi horrível morrer há muito tempo atrás. Um Dragão das Profundezas. Não se recorda de ter sentido novamente dor como aquela. Gás corrosivo a queima roupa. E agora ele está lá, paralisado. E a morte cada vez mais próxima, na forma de um réptil.

Dragões..."Tinha que ser um dragão", ele pensa.

O reflexo do dragão se projeta nos óculos de lentes vermelhas usadas pelo excêntrico ladrão.

A ponte rangendo a medida que o monstro se aproxima mais e mais.

A princesa parece dormir como um bebê, sem imaginar que talvez jamais desperte novamente.

O olhar de Vincent parece perdido, mas de repente ele retoma sua postura novamente, postura heróica. Herói, nunca foi isso. Nas vezes em que poderia ser chamado disso, havia dinheiro envolvido, como agora. Afinal, não eram apenas os belos olhos da princesa que o impediu de deixá-la para distrair a fera enquanto fugia. Mas não podia ser assim pra sempre. Seu pai foi um herói, e ao menos uma vez, ele queria que seu pai tivesse orgulho dele.

Sacou uma das duas adagas que carregava consigo. Não as usava freqüentemente. Ao menos não com a finalidade de ferir alguém. Eram usadas para arrombar cofres, fechaduras...Mas agora seriam usadas para deter a fúria da fera gigante à sua frente. Ele caminha, deixando o corpo da princesa desacordada no chão, e se detém por um instante no início da ponte.

Instantes depois, lá está o corpo do enorme dragão, caído no fundo do precipício, desviando o curso das águas, devido ao seu tamanho. O sangue se misturando a leve correnteza de água doce.

Lá em cima, o ladrão prossegue seu caminho, levando a princesa nos seus ombros. Expressão séria enquanto se afasta da ponte. Ou, ao menos do local onde havia uma ponte.

Um sorriso pouco modesto surge em seu rosto enquanto ele prossegue pela estrada em direção à sua tão merecida recompensa. O que importa que ele tenha apenas cortado as cordas que prendiam a ponte? Ora! Quem se importará com esses detalhes? Afinal, ele é Vincent, o matador de dragões! Bom, de certo modo.

Retirado da [url=http://tocadoelfo.blogspot.com]Toca do Elfo[/url]

_________________
[img]http://www.forum.clickgratis.com.br/images/avatars/arquivorpg/22.jpg[/img] [img]http://img688.imageshack.us/img688/8105/ratoviolin.jpg[/img] [img]http://gifup.com/data/gifs/d/c/5/dc5b0b3493.gif[/img] [img]http://img161.imageshack.us/img161/5571/logotestemodhv7.jpg[/img]

RatinhoBr
Admin

Mensagens : 945
Data de inscrição : 01/03/2008

Ficha do Personagem
Nome do Personagem: Mestre
Raça, Classe e Nível:
Experiência:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário http://tocadoratinho.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum